Atividade física e alimentação

atividade-fisica-e-alimentacaoA boa alimentação é essencial para que se tenha um melhor aproveitamento da atividade física. Escolhendo melhor o que comer, os resultados da prática de exercícios físicos regulares podem ser maximizados. Uma dica importante é no que se refere à cor do prato, via de regra quanto mais colorido ele for, maior será sua diversidade de nutrientes.

Quais alimentos devem ser evitados?

Refrigerantes, carnes gordurosas e alimentos processados são alguns tipos de alimentos encontrados com frequência na dispensa das pessoas, mas que não são saudáveis. A grande oferta, em quantidade e variedade, de alimentos em supermercados e feiras, não é acompanhada da informação do que é ou não saudável para o organismo.

Lista de alimentos saudáveis

Arroz e feijão

Arroz e feijão são formam uma excelente combinação, devido ao arroz conter carboidratos e um pouco de proteínas, e o feijão constituir um complemento dessa composição.

Legumes

Incluir legumes é obrigatório para quem procura uma alimentação saudável. A cenoura, por exemplo, é rica em betacaroteno, antioxidante responsável por proteger as células do corpo, além de estimular a renovação da pele.

Verduras

Quanto às verduras, o couve-flor e o brócolis, que são da família das brássicas, são anticancerígenos, além de ajudar na prevenção de outras diversas doenças. Essas verduras apresentam grande quantidade de fibras e cálcio, e podem ser consumidas picadas ou adicionadas a sucos.

Laticínios

Em relação aos laticínios, o iogurte é uma boa pedida, uma vez que é rico em cálcio e possui lactobacilos, sua fermentação é um excelente agente de melhoria do desempenho da função intestinal.

Cereais

Outro grupo de alimentos muito importante é o dos cereais, que atua de forma a proporcionar uma melhor absorção dos demais alimentos. A aveia, por exemplo, é uma excelente fonte de carboidratos, nutriente essencial para quem realiza atividades físicas, além de eliminar o colesterol ruim (LDL) da corrente sanguínea, razão pela qual nas embalagens desse alimento é comum o símbolo da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Carne vermelha

Há pessoas que não abrem mão do consumo de carnes vermelhas. Nesse caso, recomenda-se a opção pelas carnes que contenham menos gordura ou, se possível, substituí-la por peixe.

Pães de cereais e pães integrais

Para o café da manhã recomenda-se o consumo de pães que contenham cereais, porém, deve-se ter em mente que a quantidade de calorias dos pães não é uma boa base para decisão quanto ao que consumir, isso porque o pão integral, em termos calóricos, se assemelha ao pão carioquinha. O pão integral contém bastante fibra e é rico em nutrientes, já o carioquinha apresenta índice glicêmico elevado.

Alimentos com altos índices glicêmicos em geral são produzidos com ingredientes mais refinados, e seus açúcares são metabolizados de maneira mais acelerada pelo organismo, fazendo com que a insulina chegue rapidamente à corrente sanguínea, o que provoca o chamado pico glicêmico. Essa metabolização acelerada não ocorre quando do consumo do pão integral, cujo processamento se dá de forma mais lenta, fazendo com que haja a liberação gradual de insulina na corrente sanguínea.

Sucos de frutas

No que concerne à hidratação, os sucos de frutas preparados e consumidos de forma imediata são bastante recomendados. Entretanto, devido à agitação do dia, muitas pessoas não dispõem de tempo para o preparo de sucos a partir da fruta. Para esses casos, podem ser utilizadas as polpas de frutas.

Cabe salientar que, mesmo que o preparo do suco diretamente da fruta seja mais recomendável do que a partir da polpa, as perdas das propriedades nutritivas que ocorrem no processo de transformação da fruta em polpa, ainda mantém esse produto muito mais rico do que os sucos industrializados.

Frutas

A uva é uma boa opção para quem pratica atividade física, devido a conter resveratrol, antioxidante que atua no combate ao estresse ao qual o organismo é submetido durante a realização dos exercícios físicos. É sabido também que a execução de exercícios físicos provoca intensa liberação de radicais livres no organismo, e a uva, através desse antioxidante, realiza o combate ao aumento excessivo desses radicais, reduzindo-os a níveis razoáveis.